Ibeiji

É o Orixá que traz consigo a energia primordial das crianças. A energia mais pura, a inocência, a alegria, a tolerância e o bem querer. É o Orixá mais próximo de Zâmbi. Por serem caracterizado como crianças, aos Ibeijis é associado tudo que é inicio de alguma coisa como por exemplo as nascentes dos rios, uma planta germinando. Sincretizados como São Cosme e São Damião. Ibeiji toma conta de todas as crianças em especial às portadoras de síndromes ou acometidas de outras doenças. É ele que vivifica as vibrações positivas trazendo a alegria para os homens.  Eles manipulam todos os tipos de energias. São a verdadeira expressão da alegria e da honestidade. Apesar da aparência frágil, são verdadeiros magos e conseguem atingir o seu objetivo com uma força imensa, podendo ser evocados em qualquer tipo de trabalho, sendo mais procurados para os casos de família, desarmonias e prosperidade. Embora seus representantes que incorporam nos médiuns nos terreiros, brinquem, dancem e cantem, o que caracteriza sua forma de atender os consulentes e parecer ser infantilidades, exigem respeito para o seu trabalho, pois atrás dessa vibração infantil, se escondem espíritos de extraordinários conhecimentos. Imaginemos um grupo grande de espíritos que se apresentem como criança com menos de sete anos, possuírem a experiência de um homem velho e ainda manterem a imunidade própria dos inocentes.

Seus filhos são pessoas possuidoras de um temperamento infantil, são brincalhonas, sorridentes, irrequietas, de muita energia. Geralmente, aparentam menos idade do que realmente possuem. São muito dependentes em seus relacionamentos emocionais, são muito teimosos e possessivos. Desenvolvem quaisquer tarefas com agilidade, impacientes demais para ficar parados por muito tempo em qualquer lugar ou executando atividades. Odeiam profissões burocráticas e preferem os esportes onde descarregam a energia e possam competir, ou as carreiras que lhe tragam prazer. São muito cativantes e carinhosos, com uma sensibilidade sempre à flor da pele; por isso mesmo, magoam-se com facilidade, exageram as contrariedades e agressões que recebem e se deixam levar por mal-entendidos.